Neto Tallarico requer reforma administrativa na Prefeitura e auxílio alimentação aos servidores

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Proposituras foram apresentadas junto com o vereador Paulo Cecap

O vereador Neto Tallarico (PL), juntamente com o presidente da Câmara, vereador Paulo Cecap (PP), apresentou proposituras solicitando apoio e mais valorização aos servidores públicos municipais, na última sessão ordinária da Câmara Municipal, ocorrida no dia 01º de fevereiro.

Os parlamentares apresentaram o requerimento nº 0008-2021, solicitando a possibilidade da Prefeitura realizar uma reforma administrativa com o intuito de realizar uma revisão salarial e a atualização e criação de novos planos de carreira aos servidores públicos municipal, de todas as secretarias.

Além disso, os vereadores fizeram a indicação de nº 0024, solicitando que a Prefeitura realize estudos junto ao setor competente da municipalidade, a possibilidade de ser disponibilizado aos servidores municipais, auxílio alimentação.

De acordo com os vereadores, ambas as proposituras são uma forma de promover mais justiça e valorização do trabalho realizado pelos funcionários públicos municipais e uma maneira de reconhecer a importância dos serviços promovidos ao município.

Para o vereador Neto Tallarico, passou da hora de a Prefeitura realizar a reforma administrativa, pois, há praticamente 16 anos, os servidores não têm um aumento real de salário. “A última reforma aconteceu no ano de 2005 e, a partir disso, os vencimentos ficaram praticamente congelados. É necessário realizar essa reforma, para garantir os direitos dos trabalhadores”, afirmou.

Na sessão, Tallarico propôs criar uma comissão de vereadores para acompanhar o processo de reforma, caso o requerimento seja atendido pelo poder executivo. “Não queremos apenas apresentar a ideia, o objetivo é dividir as responsabilidades, participar de reuniões e debates com todos os responsáveis por essa atualização administrativa. Apresentamos este requerimento na primeira sessão, pois como demanda tempo, o quanto antes apresentássemos, antes podemos ter o resultado final”, acrescentou.

Sobre o auxílio alimentação, os parlamentares também ressaltaram que é mais um apoio ao funcionalismo público, vista a necessidade e a possibilidade real, pois a ação ocorre em outros municípios. “Além de apoiar os servidores, o cartão também movimentará o comércio local, com a venda de produtos alimentícios por meio do benefício”, alegaram.

Para dar início ao projeto, Neto Tallarico e Paulo Cecap já conversaram com o setor jurídico e financeiro da Prefeitura para terem informações reais e concretas deste importante processo. “Tivemos o respaldo jurídico e financeiro de que é possível promover a reforma e a implantação de benefícios, como o auxílio alimentação. Esperamos a resposta positiva do Executivo para podermos iniciar realmente os trabalhos para chegarmos aos objetivos propostos”, completaram.