Vereadores propõem a criação do Auxilio Emergencial Municipal e compra de vacina pela Prefeitura

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

A Câmara Municipal de Capão Bonito apresentou requerimento na sessão desta segunda-feira (01/03), propondo à Prefeitura, a criação do Auxílio Emergencial Municipal e a compra de vacinas contra o coronavírus pelo município. A propositura foi apresentada pelos vereadores Neto Tallarico (PL), Paulo Cecap (PP), Alan Senciatti (PSD), Lu da Ong (PSL), Zé Carlos da Cooperativa (PP), Camila Camargo (PP), Josiel Baitaca (PL), Hélio Yukio (PODE), Daan Cabeleireiro (PSDB), Fio Londrina (PSD), Valdeci (PODE) e Rafael do Abner (PSL).

Segundo os vereadores, a intenção é que o Executivo Municipal realize estudos e um planejamento estratégico para auxiliar as pessoas em maior vulnerabilidade social de Capão Bonito, através de um repasse a pessoas cadastradas no Programa Bolsa Família, bem como a possível aquisição de imunizantes contra a Covid-19 para a população capão-bonitense.

Em explicação na sessão da Câmara, o vereador Neto Tallarico ressaltou que o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei que autoriza os estados, os municípios e o setor privado a adquirirem a vacina. “É importante que o município promova esse planejamento, pois, assim que for autorizado, a Prefeitura terá respaldo para realizar a aquisição. É necessário destacar também que o Projeto de Lei do Senado prevê ressarcimento da União aos cofres dos municípios”, alegou.

Já o presidente da Câmara, vereador Paulo Cecap, lembrou que municípios paulistas já criaram um projeto de lei da Renda Básica de Emergência, por três meses, no valor de R$ 100,00, destinado a famílias cadastradas no Bolsa Família.

“É o momento de priorizarmos as famílias de baixa renda, que estão sofrendo demais para fazer uma simples compra de alimentação básica e de criarmos formas para vacinar mais a nossa população, para proteger contra a doença que está cada vez mais disseminando no Brasil e no Estado de São Paulo”, frisaram os vereadores.